07-11-2018

Grupo Boticário redesenha marca corporativa

Grupo Boticário redesenha marca corporativa
O Grupo Boticário apresenta sua nova identidade institucional, que reforça o posicionamento multimarca e multicanal da companhia. O redesenho foi feito com o apoio da Future Brand São Paulo, agência de branding parceira do grupo desde 2012.


“Em 2010, quando o gupo foi criado, éramos uma empresa monomarca e monocanal. Agora, com quase 10 anos de existência, crescemos, amadurecemos e nos consolidamos. Essa mudança na nossa marca reflete exatamente esse novo momento, que conversa com a personalidade do grupo, atento à inovação e ao futuro”, afirma Eduardo Imperatriz Fonseca, diretor de Assuntos Institucionais do Grupo Boticário.


O grupo informa que, para transmitir sua solidez e reforçar sua essência humana, a nova logomarca manteve o símbolo original “e ganhou um lettering mais robusto, com uma fonte exclusiva, cocriada entre a FutureBrand e o type designer Fabio Haag. O universo visual transita entre a solidez de um dos maiores grupos de beleza do mundo e a delicadeza do setor em que está inserido”. O grafismo resgata a identidade de 2012 “numa releitura atual, tecnológica e múltipla”, ressalta o grupo.


O projeto de redesenho envolve ainda a adequação dos logotipos da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza e do Instituto Grupo Boticário, além do desdobramento para todos os materiais corporativos da marca.




Notícias relacionadas

Abihpec: setor assume compromisso de eliminar micropartículas plásticas

A entidade informa que empresas brasileiras de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos assumiram o compromisso de eliminar o uso de micropartículas plásticas sólidas insolúveis em produtos enxaguáveis até 2021

+

Euromonitor aponta tendências globais de consumo para este ano

A volta ao básico, estilos de vida mais independentes e compradores mais questionadores estão entre as “10 Principais Tendências Globais de Consumo 2019”

+

L’Occitane compra marca britânica de skin care

O grupo anunciou a aquisição da Elemis, por aproximadamente US$ 900 milhões. A transação deve ser concluída no primeiro trimestre deste ano

+

Recuperações judiciais recuam e falências atingem menor número desde 2014

Em 2018, os pedidos de recuperação judicial caíram 0,8% ante o ano anterior. Os pedidos de falência tiveram uma redução de 14,6%

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos