04-12-2018

Zara lança sua primeira linha de batons

Zara lança sua primeira linha de batons
A Zara, principal marca do grupo espanhol Inditex, investe na diversificação de produtos com o lançamento de sua primeira linha de batons: a Zara Ultimatte. A rede de roupas, calçados e acessórios apresenta uma coleção composta por 12 batons com pigmentação intensa, oito batons líquidos foscos, um kit com três batons vermelhos, e outro de edição limitada. A linha estará disponível globalmente a partir de amanhã, apenas on-line.


“Inspirada no tipo de maquiagem necessária para criar campanhas publicitárias”, a linha foi desenvolvida a partir das cores da campanha outono/inverno 2018-2019 pela maquiadora britânica Pat McGrath, famosa por seu trabalho com marcas como Christian Dior e Armani Beauty. Com o lançamento, a Zara confirma a intenção do grupo de estender seus negócios para o universo dos cosméticos e fragrâncias. Comercializar os batons apenas na internet faz parte da estratégia da Inditex de desenvolver produtos reservados exclusivamente para o e-commerce, canal que o grupo planeja expandir para todas as suas marcas globalmente até 2020. A Zara lidera o grupo nesse sentido, com sites que atendem 155 países.




Notícias relacionadas

Abihpec: setor assume compromisso de eliminar micropartículas plásticas

A entidade informa que empresas brasileiras de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos assumiram o compromisso de eliminar o uso de micropartículas plásticas sólidas insolúveis em produtos enxaguáveis até 2021

+

Euromonitor aponta tendências globais de consumo para este ano

A volta ao básico, estilos de vida mais independentes e compradores mais questionadores estão entre as “10 Principais Tendências Globais de Consumo 2019”

+

L’Occitane compra marca britânica de skin care

O grupo anunciou a aquisição da Elemis, por aproximadamente US$ 900 milhões. A transação deve ser concluída no primeiro trimestre deste ano

+

Recuperações judiciais recuam e falências atingem menor número desde 2014

Em 2018, os pedidos de recuperação judicial caíram 0,8% ante o ano anterior. Os pedidos de falência tiveram uma redução de 14,6%

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos