05-12-2018

Produção industrial volta a crescer em outubro, diz IBGE

A produção industrial brasileira cresceu 0,2% em outubro, na comparação com setembro, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essa é a primeira taxa positiva após três meses de queda. Na comparação com outubro do ano passado, o avanço foi de 1,1%.


Apesar do crescimento em outubro, o avanço no mês ainda não compensou as perdas nos três meses anteriores, que acumularam uma redução de 2,7% na atividade. No acumulado no ano e em 12 meses, a produção continua registrando alta, de 1,8% e de 2,3% respectivamente. Entretanto, houve perda de ritmo frente aos meses anteriores. Em setembro, a taxa acumulada em 12 meses era de 2,7%, e em agosto, de 3,1%.


Dos 26 ramos industriais pesquisados, 17 registraram crescimento em outubro. Os principais destaques foram indústrias extrativas (3,1%), máquinas e equipamentos (8,8%), veículos automotores, reboques e carrocerias (3,0%) e bebidas (8,6%). Entre as grandes categorias econômicas, o maior avanço foi observado na produção de bens de consumo duráveis (4,4%). O segmento de bens de capital cresceu 1,5%. Já os setores de bens intermediários e de bens de consumo semi e não-duráveis recuaram 0,3% e 0,2%, respectivamente.




Notícias relacionadas

DSM tem alta nas vendas globais, com destaque para AL

Em 2018, houve crescimento de 6% ante o ano anterior. Os resultados na América Latina representaram 12% das vendas da empresa

+

E-commerce tem alta de 12% em 2018

Segundo a EbitNielsen, o segmento encerrou o ano com faturamento de R$ 53,2 bilhões. Para 2019, a expectativa é de expansão de 15%, com vendas totais de R$ 61,2 bilhões

+

C&A passa a vender cosméticos em lojas físicas

A iniciativa acontece em parceria com 24 marcas de destaque no mercado, em duas unidades da rede em São Paulo

+

Coty cria comitê para avaliar proposta da JAB Holding Company

Na última semana, a fabricante francesa de cosméticos recebeu da empresa de investimentos alemã uma oferta de compra de até 150 milhões de ações. Com a transação, a fatia da JAB na Coty aumentaria de 39% para 60%

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos